quarta-feira, 25 de junho de 2014

CAIO FABIO NO PROGRAMA THE NOITE



            
            Na noite do dia 23/06/2014 o apresentador Danilo Gentili em seu programa The Noite do SBT recebeu Caio Fabio como convidado para falar sobre suas declarações polêmicas para o meio evangélico. Foi uma entrevista interessante e polêmica como deveria ser. Sem dúvida, muitos assistiram tanto evangélicos como não evangélicos. Particularmente, não assisti no dia que passou na tv mas vi pelo youtube.[1]
Quero nesse primeiro momento afirmar que fui positivamente influenciado por Caio até a década de 90, onde o mesmo procurava pregar fielmente as Escrituras, buscava instruir o povo evangélico, como ele mesmo declarou no citado programa. Eu ainda na época não era pastor, fui para o Seminário no ano de 1999, logo, após a queda moral do referido pastor. Chorei muito com sua queda, o defendi muitas vezes de acusações infundadas, de alguns com os quais convivi. Ainda hoje considero muitos dos seus ensinos de 90 para trás como relevantes para o nosso tempo. Entendo que ele foi um grande comunicador do Evangelho, honesto com relação a dinheiro em seu ministério, e que sinceramente procurou o bem da igreja. Contudo, ao cair moralmente, perdeu-se teologicamente e eticamente. Não digo que se perdeu por ter caído em adultério, pois isto é algo que todos estamos sujeitos, o importante é que ele se arrependeu e Deus o perdoou, mas por ter demonstrado a partir de então total incredulidade com relação a saúde espiritual da igreja no Brasil. A igreja está doente, acredito nisso, mas ainda existem 7 mil que não se dobraram a Baal. O Caio parece sofrer de uma síndrome de Elias, ao achar que somente ele é fiel em todo o Israel de Deus (1 Rs 19. 9-14) ! Lamento muito que ele tenha essa visão tão distorcida de si mesmo, e de todos os outros! Com qual fundamento digo isso a respeito dele, com base nas próprias afirmações constantes que faz, demonstrando arrogância e orgulho. Para ele todo aquele que pensa teologicamente contrário é imbecillizado, idiota, descerebrado! A história teológica do cristianismo foi composta por teólogos tolos, de mentes pequenas, que não entendiam o que tão claramente ele entende, assim Caio fala se expressa em várias de seus vídeos postados na internet![2]
Gostaria de fazer pequenas considerações sobre algumas afirmações do Caio na entrevista com o Gentili. Inicialmente, Caio falou corretamente sobre as influências negativas dos líderes da Teologia da Prosperidade, embora em sua fala não deixou claro que falava deles, o que poderia e deve ter causado variadas interpretações por parte dos telespectadores ímpios, que não conhecem a realidade evangélica, levando-os a entender que todo evangélico é: sem instrução, é descerebrado, expectador de circo, marionetado por líderes corruptos, dependentes dos gurus tiranos, e outros adjetivos. Existem crentes que pensam, pastores que ensinam suas ovelhas a pensarem, a criticarem, a avaliarem tudo que ouvem a luz da Palavra. Existem pastores que sofrem pelo Evangelho, que amam a Cristo e sua Palavra, que buscam todo o tempo serem achados fiéis! Muitos pastores vocacionados por Deus têm lutado contra a teologia da prosperidade em suas igrejas, contra a manipulação da fé, contra a distorção da Palavra de Deus!
O Caio Fabio faz uma total descontinuidade entre o Antigo Testamento e Novo Testamento, que leva o leigo em teologia, como o Gentili a entender que nada do Antigo serve para a prática atual. O Caio se esquece que a lei moral, a aliança, permanecem em todos os tempos. As leis cerimoniais, civis deixam ter continuidade no Novo Testamento porque eram sombra do que haveria de vir (Cl 2. 16-17). Todavia, a lei moral e a aliança feita por Deus com o homem desde o Éden tem sido mantida e cumprida por meio do Mediador, que é Cristo. Caio presta um desfavor aos crentes menos instruídos sobre a valorização devida ao Antigo Testamento, como Palavra de Deus, e faz o mesmo, com menor intensidade com o Novo Testamento.
Outro ponto que destaco dessa entrevista é que o Caio afirma que anjos tiveram uma relação sexual com mulheres em Gênesis 6. 1-5. Não precisa de muito esforço intelectual para entender essa impossibilidade. Primeiro, anjos são seres incorpóreos, são narradas várias manifestações desses seres espirituais na Bíblia de muitas maneiras e formas, não tendo corpos próprios como os homens, mas as vezes se apresentando como homens. Se eles não têm corpo próprio, teriam “espermas angelicais” para reproduzirem?  Se ainda possuíssem o corpo de homens, como os demônios fizeram com os gadarenos (Mt 8. 28-34), seria esperma do possuído e não do possuidor! Segundo, é natural exegeticamente dentro do contexto e em toda a Escritura, entender que o capítulo 4. 17-24 de Gênesis fala dos filhos de Caim, e o capítulo 5 registra a genealogia dos filhos de Deus que são os descendentes de Sete, e portanto, o capítulo 6 está tratando de casamentos mistos, entre os filhos de Deus (descendentes de Sete) com as descendentes de Caim (filhas dos homens). É um absurdo exegético as declarações do Caio Fabio sobre ter sido formado gigantes a partir de uma relação hibrida (cruzamento de espécies diferentes) de anjos com mulheres! Ele se apoia mais na lenda judaica, do que na exegese bíblica natural do texto.
                   O Caio Fabio tem se caracterizado por suas palavras obscenas e improprias. Gostaria que interpretasse o que Paulo afirma aos irmãos em Éfeso ao dizer (Ef 5. 3-4): “Mas a impudicícia e toda sorte de impurezas ou cobiça nem sequer se nomeiem entre vós, como convém a santos; nem conversas torpe, nem palavras vãs ou chocarrices, cousas essas inconvenientes, antes pelo contrário, ações de graças.”  A expressão “palavras vãs” são conversas que geram imoralidade na mente do outro e “chocarrices tem a ver com humorismo excessivo, um humor movido a imoralidade. E Paulo ainda afirma que são  “cousas inconvenientes” que  traz a ideia de “imbecilidade”, conversas sem sentido, vãs. Foi isso que Caio usou por muitas vezes no programa, por exemplo ao se referir a impossibilidade de uma relação sexual entre um gigante nefilim tem 11 metros, como o Gentili defendia, com uma mulher com 1,70!
            Por último o que destaco (o que poderia fazer em relação a outros pontos negativos) é o episódio sexual de sua infância. Ele conta suas aventuras sexuais desde os cinco anos de idade com a babá com uma naturalidade extraordinária! Somente no final do programa em uma pequena fala, esclarece que todas essas aventuras e distorções sexuais que iniciaram na infância (que foi  um ato de pedofilia por parte da baba) fizeram parte da sua vida anterior a conversão. O que naturalmente para pessoas não convertidas gerou dúvidas, e um desfavor a visão delas com relação ao evangelho! Em nenhum momento Caio condena a atitude da baba, a elogia sexualmente, e afirma que contribuiu para sua vida sexual! Como uma experiência dessa pode contribuir para uma vida sexual? Ele foi vítima de uma perversão sexual, alguém que deveria cuidar e o proteger, fez totalmente o contrário!
            Concluo dizendo que admirava o Caio de 90 para trás, não o Caio atual! Ele tem produzido em seus seguidores a mesma característica daqueles que ele tanto condena, os seguidores dos pastores da Teologia da Prosperidade. Porque tanto estes como aqueles não questionam os ensinamentos dos seus mestres. O Caio não é desonesto como os teólogos da prosperidade, nem mal caráter, contudo, age muito voltado para si, colocando-se sempre como o dono da verdade, o inquestionável, o imbatível teologicamente, que usa como artificio zombar de todos que pensam de forma contrária, trazendo para si hostilidade desnecessária de gente sincera, de gente piedosa. Nem todos que não admiram o Caio são ligados a teólogos neopentecostais, ou pentecostais, ou a teologia da prosperidade. Esses que tem se indignado não são todos religiosos, presos a instituições, existem muitos crentes maduros, centrados, equilibrados e pensantes que não concordam com ele, e tem se entristecido por causa da sua arrogância disfarçada de apologia ao Evangelho!
Em Cristo
Reverendo Márcio Willian





[1] http://youtu.be/cbhUEhvm7W0
[2] http://youtu.be/kWs8sW0hHdA





2 comentários:

  1. Pastor Márcio é sempre um prazer poder contar com as suas sabias palavras. Saudades de suas aulas.
    Att: Cleyton Souza

    ResponderExcluir